Páginas

sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Nhô Quim paulistano


Curioso registro do nosso Nhô Quim em charge feita nos anos 1960 pelo desenhista Messias de Mello para o jornal A Gazeta Esportiva. Na época, o XV estava em ótima campanha. Em seis partidas, não havia levado nenhum gol dos adversários e feito 22 a seu favor. A Ponte Preta, retratada por uma moça morena, prometia que o caipira perderia a bagagem em Campinas. Messias de Mello foi um dos principais desenhistas de quadrinhos, charges e caricaturas do país nas décadas de 1930 a 1960. Ilustrou para a Gazeta Juvenil clássicos universais como Os Três Mosqueteiros e O Conde de Monte Cristo. (Edson Rontani Júnior)

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

"Panela de pressão"


Roberto Gomes Pedrosa, conhecido por ter exercido a função de presidente da Federação Paulista de Futebol, foi goleiro defendendo a Seleção Brasileira de Futebol no Mundial de 1934. Atuou pelo Palestra Itália de 1938 a 1940. Depois partiu para carreira diante da FPF até seu falecimento em 1954. Em Piracicaba foi homenageado com o Estádio Roberto Gomes Pedrosa, situado no quarteirão onde encontra-se hoje o Hipermercado Extra, centro da cidade, a famosa "panela de pressão" ou "alçapão", como diziam os antigos. Foi neste estádio que recebeu os grandes times como Santos (Pelé jogou nele), São Paulo, Palmeiras e Corinthians. O espaço foi leiloado nos anos 1970 e hoje faz parte da memória do piracicabano como reverencia esta foto aérea de autoria desconhecida constante do arquivo do Instituto Histórico e Geográfico de Piracicaba. (Edson Rontani Júnior)

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Coronel Barbosa


Evento comemorativo a alguma atividade esportiva no início dos anos 1980, mais precisamente no Clube Coronel Barbosa. Foto de autoria não especificada na qual aparecem Epaminondas Ferraz Filho, Idiarte Massariol, Delphim Freire da Rocha Netto e Pedro Vicente Fonseca (Pecente).

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Homenagem aos campeõs de 1948


O deputado estadual Jairo Ribeiro de Mattos anima-se em discurso realizado no Sesc-Piracicaba, em 1980, durante solenidade comemorativa a mais um aniversário da conquista da Lei do Acesso de 1948 que levou o E. C. XV de Novembro de Piracicaba à divisão principal do futebol paulista. Na foto: ???, Walter Zoccoli (gerente do Sesc-Piracicaba), Jairo Mattos, Ludovico Trevisan, Sato, ??? e Airton Pinassi. Foto sem autoria de acervo particular. (Edson Rontani Júnior)

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Mazzola


Mazzola nasceu em Piracicaba, em 24 de julho de 1938, jogando no Esporte Clube XV de Novembro da cidade de 1956 a 1958, numa época em que apenas o rádio registrada os eventos futebolísticos não apenas na cidade mas em todo o país. Diz a história que foi um excelente profissional de rápida ascensão. Antes, atuou no Clube Atlético Piracicabano de 1950 a 1954, quando conheceu os diretores Armando Dedini e Humberto D'Abronzo que buscavam, na época, colocar o time na divisão principal do futebol paulista, alegando que Piracicaba precisava de mais de um time além do E. C. XV de Novembro. 

José João Altafini. Brasileiro radicou-se na Itália, ganhou o apelido de Mazzola na Eruopa pela semelhança com o jogador italiano Valentino Mazzola. Defendeu o Palmeiras e a seleção brasileira na Copa de 1958. Em seguida, foi para o Milan.Passou também por Juventus e Napoli. Naturalizado por sua origem familiar, jogou também pela seleção da Itália. Hoje Mazzola trabalha como comentarista na televisão italiana.

domingo, 17 de novembro de 2013

Rádio Difusora


Orlando Murillo e Roberto Morais em anúncio publicado no Jornal de Piracicaba no início dos anos 1980, anunciando a equipe da Rádio Difusora que cobriria o XV de Novembro contra o Velo, naquela ocasião.

sábado, 16 de novembro de 2013

Vitória da Lei do Acesso em 1967


Foto tirada no início de 1968, na então Rádio A Voz Agrícola de Piracicaba (da Rede Piratininga de Rádio), que depois foi Rádio Alvorada, cuja frequência, hoje é ocupada pela Onda Livre A.M. No estúdio, diante do microfone "boca de jacaré", o comendador Humberto D'Abronzo (sentado) é entrevistado logo após a conquista da Lei do Acesso de 1967, quando o E. C. XV de Novembro retornou à divisão principal do futebol paulista, tendo ficado dois anos na Segunda Divisão. Atrás, entre vários, Jamil José Neto (camisa branca, sem óculos) e Xilmar Ulisses (à direita)


Sentado, entrevistando o comendador D'Abronzo, o radialista Márcio Terra, ainda hoje na ativa. À direita o dr. Mello Ayres, médico do XV na época.


À esquerda, Hugo Pedro Carradore. Sentado, entregando homenagem ao comendador D'Abronzo, o radialista Ulisses Michi

Epopéia do Futebol Quinzista Lado B


sexta-feira, 15 de novembro de 2013

LP A Epopéia do Futebol Quinzista - 1968


Campeões da Lei do Acesso




Campeões da Lei do Acesso em 1948 posaram para este foto em 15 de novembro de 1980, tirada no Sesc Piracicaba. Grandes estrelas veneradas pela torcida alvinegra, aqui perfiladas: Russo, Sato, Picolino, Mário Rensi, Cardeal, Ari, Bita, Gatão, Strauss, Rabeca, Adolphinho, acompanhados de Rocha Netto, agachado à frente. Foto sem autoria identificada de acerto pessoal. (Edson Rontani Júnior)

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Confusão na área



Confusão no meio de campo no Pacaembu, na noite de 17 de janeiro de 1968, quando disputavam a única vaga do Torneio Acesso de 1967 o XV de Novembro e o Bragantino. Foto do acervo pessoal do autor do blog.

segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Fotos de partida do E.C. XV de Novembro de Piracicaba

Fotos de acervo pessoal sem identificação de qual partida, em qual local e contra quem o time piracicabano jogava. Pelas fotos, nota-se que a partida deve ter ocorrida no Estádio Roberto Gomes Pedrosa, situada no terreno em que se encontra hoje o Supermercado Extra, centro de Piracicaba. Atrás, carimbo vermelho com a inscrição Foto Studio Rezende, Mário Crivellani, Fotógrafo, Av. Ruy Barbosa 305.


Anotação a mão, em lápis na foto : 1ª faze valente tedio na área do XV. Resultado 0 x 0


Anotação : 1°. goal na 1ª. faze numa estupenda cabeçada de Bertinho


Anotação a mão na foto : 2°. goal 2ª faze. Goal de Nelsinho


Anotação à mão na foto : 3° goal de Nelsinho 2ª. faze

sábado, 9 de novembro de 2013

Mika


Ademir Carloni, importante lateral do E. C. XV de Novembro de Piracicaba no início dos anos 1980. Foto extraída do livro XV DE PIRACICABA, de Rocha Netto. Com sua simpatia peculiar, Mika, como é conhecido, mantém uma loja de presentes muito bem frequentada na rua Boa Morte, Centro de Piracicaba.

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

"Nhô Quim" na mídia paulistana





Após subir para a divisão principal do Paulistão, o E. C. XV de Novembro passou a ser retratado pela pena de muitos artistas, embora a versão mais conhecida e longeva (49 anos seguidos) foi a criada por Edson Rontani e publicada nos jornais locais, incluindo esta “Tribuna” na década de 1990. Porém, a mídia da capital também possuía sua versão do caipira alvinegro, como esta publicada no semanário “O Governador”, em que o Nhô Quim leva uns côcos na cabeça atirados pelo papagaio do Palmeiras. O Nhô Quim foi desenhado por artistas como Nino Borges, Messias de Mello, Almir Bortolassi e Manolo, com ênfase em “O Governador” e em “A Gazeta Esportiva”. (Edson Rontani Júnior)

quarta-feira, 6 de novembro de 2013

Rumo à conquista da Lei do Acesso de 1967


16 de julho de 1967. O E. C. XV de Novembro de Piracicaba preparava-se para mais uma disputa rumo à conquista da Lei do Acesso daquele ano. Em pleno Barão da Serra Negra, vê os jogadores ladeados por pessoas como o prefeito Luciano Guidotti, dr. Mello Ayres, o massagista Índio, o presidente Humberto D'Abronzo e Rocha Netto.