Páginas

domingo, 24 de outubro de 2010


Tive a felicidade de freqüentar os primeiro e segundo anos do primário na Escola Estadual Barão do Rio Branco, no início dos anos 1970. Na época, a disciplina Educação Moral e Cívica, instituída durante o regime militar, nos obrigava a saber na ponta da língua o Hino Nacional e quem era José Maria da Silva Paranhos Júnior, o barão do Rio Branco, deputado, jornalista e ministro das relações exteriores por três governos. Mas foi como diplomata que entrou para a história. A foto, cedida pela escritora Ivana Maria de Negri França, foi tirada no pátio da escola num período não identificado, mostrando um grupo exclusivamente de meninos. O rigor e a disciplina faziam parte do cotidiano escolar : sapatos, meias quase até os joelhos, gravatas ... O Grupo Barão iniciou suas atividades em 13 de maio de 1897, inicialmente como Grupo Escolar de Piracicaba recebendo a denominação de “Barão” em 1907. O prédio foi tombado pelo Estado de São Paulo em 2008 e passou por reforma que o remeteu à sua arquitetura original. (Edson Rontani Júnior)

Nenhum comentário: