Páginas

sábado, 9 de agosto de 2014

A queda do Edifício Comurba

Bombeiros, policiais e outras personalidades em foto tirada no mês de novembro de 1964, na praça José Bonifácio, tendo ao fundo os escombros do Comurba. História que Piracicaba quer esquecer, o desabamento do prédio está prestes a completar seus 50 anos. O Prédio Luiz de Queiroz, como assim fora designado, desabou por completo por volta das 13h30 de 6 de novembro daquele ano. A poeira levantada pelo desabamento pôde ser vista a quilômetros de distância. A edificação tinha 15 andares. Situava-se onde hoje está o Poupa Tempo Estadual. O governador Adhemar de Barros veio a Piracicaba ver a dimensão do desastre. Ele é o terceiro à partir da esquerda. Os escombros permaneceram por mais de dez anos ao lado da praça central de Piracicaba.

Um comentário:

Marcos Palombo disse...

Meu pai é um sobrevivente do desabamento do Comurga